Diretas Já: O que estudar para o Enem

A Diretas Já foi um movimento popular que tomou conta das ruas clamando por democracia e eleições diretas para presidência do Brasil.
A movimentação ocorreu no ano de 1984 e apoiava a emenda criada pelo deputado Dante de Oliveira que pedia o restabelecimento das eleições diretas para o cargo de presidente do Brasil.
As Diretas Já poderão aparecer em provas de vestibulares de todo país, assim como no Enem. Por isso vale a pena ficar ligado no assunto, acompanhe!
Diretas Já: Manifestações por democracia
Durante a ascensão do movimento ocorreram várias manifestações populares em diversas cidades do Brasil em forma de comícios e passeatas.
Ademais, os eventos contaram com a participação de milhares de pessoas e tornou-se fundamental para mostrar aos governantes a insatisfação do povo com o regime estabelecido até então.

 

Emenda de Dante de Oliveira
A proposta do deputado Dante de Oliveira solicita eleições diretas por meio de uma emenda constitucional. Além disso, a proposta pedia o fim do Colégio Eleitoral e caso fosse aprovada já entraria em vigor nas eleições de 1985.
Com uma intensa movimentação nos bastidores políticos, artísticos e personalidades, a emenda começa a ganhar força entre os brasileiros.
Uma imensa pressão popular tomou conta das ruas, comícios, passeatas, contavam com a participação de artistas, esportistas, políticos, entre outros.
Votação e decepção popular
A emenda constitucional das eleições diretas foi votada em 25 de abril de 1984, contudo, não foi aprovada mesmo com toda movimentação popular, artística, política, da imprensa e da sociedade de uma forma geral.
Foi um período de grande insatisfação e desilusão do povo brasileiro, gerando um clima crítico entre a relação dos governantes com o povo.
Eleições Indiretas
Nesse contexto, em 15 de janeiro de 1985 ocorreram eleições indiretas no Brasil elegendo Tancredo Neves tornou-se presidente do Brasil.
No entanto, antes de assumir a presidência Tancredo Neves veio a falecer, por conta disso seu vice José Sarney tornou-se o primeiro presidente após a Ditadura Militar brasileira que vigorou entre 1964 e 1985.
Por fim, o Brasil só teria novamente eleições de forma direta em 1989, após a promulgação da Constituição de 1988.
E então, gostou de saber um pouco mais sobre o assunto?
Não deixe de ler também – Ditadura Militar no Brasil: Resumão do que pode cair no ENEM.

Fonte: Noticias Concursos