Auxílio de R$300: DIVULGADO novo calendário para mais 1,2 milhão; veja quem recebe

Nesta sexta-feira, 11 de dezembro, o Governo Federal liberou o seu novo calendário de pagamentos e saques do auxílio emergencial. O benefício será liberado para quem teve o pedido reavaliado e também para trabalhadores que fizeram o procedimento de contestação após ter o benefício interrompido.
De acordo com dados do Ministério da Cidadania, o novo calendário de pagamentos conta com nada menos que 1,2 milhão de pessoas. O grupo vai ter direito somente uma parcela de dezembro da prorrogação do benefício.
Além disso, também estão neste calendário 4,5 mil pessoas que passaram por contestação em novembro. São, ao todo, três públicos:
beneficiários que não receberam as parcelas do auxílio emergencial original, de R$ 600, e tiveram o pagamento reavaliado em novembro, decorrente de atualizações de dados governamentais – recebem 5 parcelas de R$ 600
beneficiários que receberam as parcelas de R$ 600, mas tiveram as parcelas de R$ 300 negadas, e fizeram a contestação entre 14 e 23 de novembro – receberão 1 parcela de R$ 300
beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 em julho – receberão 1 parcela de R$ 300
Os pagamentos serão feitos em poupança digital entre 13 e 29 de dezembro. Já o calendário de saques em dinheiro começa no dia 19 de dezembro e irá até 27 de janeiro.

 

Usar mal o celular pode INTERROMPER auxílio e bloquear app Caixa Tem
A Caixa Econômica Federal faz um importante alerta aos beneficiários de programas assistenciais. Segundo o banco, o trabalhador que utilizar o mesmo aparelho celular para acessar mais uma conta do Caixa Tem pode levar ao bloqueio do aplicativo.
Caso o benefício seja bloqueado, o usuário poderá ficar sem o auxílio emergencial, abono salarial do PIS/Pasep e dinheiro de outros programas sociais pagos pelo Governo Federal. De acordo com informações da Caixa, por razões de segurança, o aplicativo vai aceitar somente uma conta por número de celular (chip) e até duas contas por aparelho.
Somente será imprescindível comparecer pessoalmente na Caixa quando o aplicativo for bloqueado pelo uso de mais contas do que o permitido. A Caixa afirma que o desbloqueio é imediato, no entanto, com uma grande demanda de usuários nas agências, os trabalhadores reclamam do tempo de espera no banco.
O CAIXA Tem é o novo aplicativo da CAIXA criado para facilitar o acesso de todos os brasileiros a serviço sociais e a diversas transações bancárias. O app está disponível para download nas lojas Android e iOS.
Com esse app é possível fazer compras na internet utilizando o Cartão de Débito Virtual, gerado gratuitamente no próprio app e, também, compras no comércio por meio de um QR Code gerado pelo lojista na própria maquininha do estabelecimento comercial.
Quem tem conta na CAIXA também pode consultar saldo e extrato, fazer pagamentos e transferências de até R$ 600 por transação e até R$ 1.200 por dia.

Fonte: Noticias Concursos